Receita de Trouxinha de Bacalhau

Home / Receitas de Massas / Receita de Trouxinha de Bacalhau


Ei meu Povo!!!
Ainda estou à pé com o meu notbook. Não fiquem tão felizes, mas consegui tratar algumas fotos pra poder postar pra vocês e não deixá-los desamparados mais este final de semana. A propósito, tô pensando em fazer uma SUPER VAQUINHA pra poder comprar outro notbook, porque o meu não tem solução mesmo, morreu a placa mãe. Será que consigo doações espontâneas???
Bom, então vamos ao que interessa né. Conforme prometido, aqui vai a trouxinha de bacalhau que ficou um mimo puro… hehehehehe… quem comeu nem acreditou… hehehehe… falem a verdade Flávio e Pedro.
Inspirada em um dos meus livros de culinária, da coleção A Grande Cozinha – Massas, fiz essa gostosura sexta-feira passada, na casa de um amigo. Aproveito para mandar beijos para a Ana Isa, namorada do Léo Chacur, que é uma delicadeza de pessoa. Ela foi a minha assistente master no preparo deste prato, numa sexta-feira de muita ventania e frio. Confesso que fiquei com medo de não conseguir amarrar a trouxinha, mas ficou exatamente igual a foto do livro… fiquei tão orgulhosa de mim… hehehehehe…
Para as panquecas ou crepes
Ingredientes (rendeu 8 massinhas)
– 2 ovos
– 3 colheres cheias de farinha de trigo
– 1 copo de leite (200ml)

Preparo
– bata todos os ingredientes no liquidificador
Instruções para o preparo da massa aqui.

Para o recheio
Ingredientes
Bom, o recheio pode ser qualquer um. Vocë pode usar a sua imaginação ou então usar o que tem na geladeira. Vale frango desfiado, carne moída com azeitona, legumes refogados (para os vegetarianos). Eu fiz com bacalhau, olha aí:
– bacalhau desfiado
– azeitona preta
– azeite de oliva extra virgem
– cebola picadinha

Preparo
Numa figideira coloque um pouco de azeite e a cebola picadinha. Deixe dourar. Coloque o bacalhau desfiado e azeitona preta. CUIDADO COM A AZEITONA, porque o bacalhau já estará com um pouco de sal e mais azeitona, pode ficar salgado demais, então, não exagere. Refogue tudo, deixe o bacalhau secar e pronto.

Montagem final
Coloque o recheio no centro da massa, mas não coloque muito. Vá juntando as pontas da massa, fazendo o formato da trouxinha. Não tenha medo, porque dá certo. Se rasgar a massa, não desista, pegue outra e começe de novo. Com a ajuda de uma cebolinha ou alho todo ano (parece cebolinha, eu tenho ela lá em casa, depois tiro uma foto pra mostrar pra vocês) amarre e pronto. Pra decorar e fazer bonito, umas folhas de rúcula e cebolinha picadinha pra esparramar no prato. Na hora de servir, regue com azeite o miolinho da trouxinha.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.