Receita de suco para bebês – Energia

Home / Receitas para crianças / Receita de suco para bebês – Energia

O Edu é um bebê que adora sucos, aliás ele também ama beber água, o que não é lá muito fácil nessa faixa de idade. Mas dia destes, pesquisando sobre alimentação infantil, encontrei no bebe.com.br uma lista de sucos, os quais as frutas combinadas proporcionam muitos benefícios para os nossos cutes.
Essa combinação de frutas aqui do lado é para a preparação de um suco que garante energia para o bebê. Veja como é fácil de fazer:
1 kiwi pequeno
1 laranja média
5 uvas itália médias
1/2 copo de água

Preparo

Higienize as frutas, pique e bata no liquidificador com a água. Coe na peneira antes de servir.
Edu adorou a combinação. Como não há introdução de açúcar branco nesta fase, o suco é servido naturalmente, sem adoçar, assim como todos os outros sucos que estou oferencendo para o Edu. O bebê precisa sentir o gosto das frutas e começa desde cedo a criar o seu paladar e o se o Edu puxar a mamãe e o papai, não vai gostar de muito doce.

Em que idade a criança pode comer açúcar?

A maioria dos alimentos contém açúcares naturais, que são uma excelente fonte de energia. O açúcar de cana, ao se refinado, perde quase todos os nutrientes, oferece pouco além de calorias, interfere no nível de glicose e deixa o bebê cançado e irritadiço. A menos que o açúcar seja indispensável em uma receita, como panqueca, bolo ou muffins ou para adoçar uma fruta muito ácida, caso contrário, recomenda excluí-lo do cardápio. Melhor usar alternativas como néctar de agave, melado ou estévia, que adoçam e fornecem vitaminas e minerais, ou usar suco ou purê de frutas.
O bebê não precisa de açúcar a mais, pois logo se acostuma ao sabor natural adocicado dos alimentos frescos e passa a apreciá-los. É um engano pensar que a comida deles é insossa, mas se eles não experimentarem de outra forma, estarão satisfeitos. Assim, evite o quanto puder, exceto ao dar um sorvete ou um bolo feito para toda a família.

O exemplo é a melhor opção

Uma coisa eu reforço aqui: os pais precisam dar exemplos. Não adianta você querer que o seu filho coma alface, peixe, brocólis, cenoura se ele não vê você comer. Não adianta você proibir que o seu filho tome refrigerante, coma alimentos tipo chips, peça chocolates industrializados se ele vê você comer isso todos os dias. Se você quer que o seu filho tenha uma boa alimentação e aprecie alimentos saudáveis e nutritivos – seja um exemplo pra ele!
Imagens: Google
Fonte de consulta: O Livro Essencial da Alimentação Infantil – Annabel Karmel

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.