Receita de costela suína e arroz negro japônico

Publicado por Dani Oliveiradomingo, 23 maio 2010

foto de um prato com um pedaço de uma costela suína assada arroz negro japonico e um ramo de alecrim para decorar
Compramos este arroz aí, lá no Empório Santa Luzia, em São Paulo. O Alceu tava doído pra experimentar, mas quebramos a cabeça pra achar uma carne que seria forte. Ligamos para o Rodrigo, que já estava na rua e fizemos a encomenda de uma costela suína. Esse arroz negro japonico é bem aromático. Foi desenvolvido na Califórnia a partir de sementes japonesas. É a combinação de dois tipos de arroz cultivados no mesmo campo formando arroz mogno (marrom). O arroz proporciona uma suculenta textura, um sabor exótico parecido com o sabor do cogumelo e um doce apimentado. É mais suave e macio que o arroz negro. Como já tinha feito o arroz negro uma vez, antes, coloquei ele de molho na água pra amaciar o grão (dica do Alceu). O tempero da carne foi especial e fez a diferença. Com a ajuda do Rodrigo, temperamos, fechamos com alumínio e direto pro forno. A carne demorou bastante pra assar, então, se for testar a receita, não faça muito tarde pra você não comer de madrugada… rsrsrs… Um Crios de Susana Baldo – Cabernet Sauvignon acampanhou bem o prato.

foto de uma costela suína crua e temperada pronta para ir ao forno

Ingredientes para o arroz negro japônico

  • arroz negro japônico
  • cebola e alho picadinhos
  • óleo
  • sal à gosto

Preparo

Faça o arroz igual ao arroz comum, refogando com  a cebola, alho e óleo e adicionando água quente para cozinhar.
Eu precisei colocar água 2 vezes, porque quando secou, o arroz ainda não estava bem cozido.

Ingredientes para costela suína ao forno

Preparo

Numa assadeira mais funda, disponha as peças de costela suína e regue com o vinho branco. Espalhe o sal grosso (mas não muito) e todos os outros ingredientes, um a um, esfregando na peça de carne. Tampe com papel alumínio e leve ao forno, por cerca de 1h. Retire o papel, observe e regue a carne com o caldo. Volte para o forno e deixe finalizar, observando sempre.

imagem de flores de lavanda artificiais uma boneca de cerâmica e uma garrafa de vinho crios de susana baldo

Encontrei informações do arroz aqui.

Receitas e artigos relacionados:

5 pessoas comentaram

  1. Alceu Couto segunda-feira 24 maio 2010 às 10:09

    Este prato que a Dani fez foi um dos mais saborosos dos últimos tempos, isso prova que prato simples e prático pode ser melhor que um prato caro e sofisticado.

  2. Sabrina Ferreira #1° segunda-feira 24 maio 2010 às 15:04

    Sempre estou ligada nas novidades do Blog da Dani e no twitter, além de assistir a TV Travessa pelo youtube também.

    Semana passada fazendo compras, olhei para o arroz negro, vermelho, marron e vários outros diferentes! Imaginei como ficaria bonitas receitas com tais.

    Hoje olhando o blog tenho certeza que essa receita será testada por mim o mais rápido possível.

    Logo que puder informo como ficou o prato!

  3. Eu Mulher #2° segunda-feira 24 maio 2010 às 17:52

    Adoro arroz negro, principalmente bem acompanhado por uma costela suína bem temperada.

    Beijão

  4. Dani Oliveira #3° terça-feira 25 maio 2010 às 06:09

    Sabrina,

    Olha que coinsidência. Faz a receita sim, você vai adorar o sabor do arroz negro. e obrigada pelas visitas e por me acompanhar lá no twitter!

    Ana,

    Vou te dizer, eu não sou muito fã de carne de porco, como muito pouco, mas essa aí menina, não ficou com aquele gosto forte de carne, O sabor do vinho ficou maravilhoso e a pimentinha deu um toque especial.

    Gente,

    Olha que chique, o Alceu comentando… graçinha!!!

  5. Manuela #4° quinta-feira 25 outubro 2012 às 08:25

    Arroz negro, nunca tinha pensado nessa combinação … Excelente ideia!!!

    A costela suína é sempre uma boa pedida … uma outra maneira de fazer é a costela agridoce … Acho que ficará muito boa tbm!!
    http://www.tvchurrasco.com.br/receita/suino/coste

E você, o que achou? Comente!

  • * Você pode inserir estas tags no comentário: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>