Todos os artigos com a tag: açafrão

Receita de cuscuz marroquino com cubos de frango, quiabo e açafrão

terça-feira, 24 fevereiro 2015


Cuscuz marroquino com cubos de frango, quiabo e açafrãoUma refeição mais tranquila é sempre bom e a receita de hoje é uma repaginação do tradicional frango com quiabo. Eu queria fazer um cuscuz marroquino mais colorido, então neste dia usei o que tinha: quiabo, mini tomates, frango em cubos e uma pitada de açafrão. Ficou lindo, colorido, saudável e muito saboroso. Esse em questão, foi o meu almoço da quarta-feira de cinzas.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 0

Receita de risoto de açafrão e calabresa

quinta-feira, 24 julho 2014

Risoto de açafrão e calabresa

Quem lê o blog sabe que eu curto bastante um risoto.
Tecnicamente falando o risoto é um prato típico italiano em que fritamos levemente cebolas e o arroz arbóreo na manteiga cozinhando levemente em fundo de carne ou legumes e outros ingredientes, até o arroz fique cozido, solte o amido e não absorva mais o líquido.

Enfim, semana passada estava numa vontade de comer um risoto e lá fui eu vascular o que eu tinha. Açafrão em estigmas “chique” e calabresa “brega kkkkkkkkk”. Ah, mas tá bom gente, com uma taça de vinho tinto ficou bem bom. Pra agradar o paladar, sempre faço o risoto um pouco mais seco. Bom, mas como usei o açafrão, reuni alguns benefícios que o condimento possui, olha aí:

Benefícios do açafrão para a saúde

  • O açafrão tem componentes bioactivos com poderosas propriedades medicinais
  • O açafrão tem poderes anti inflamatórios, 100% naturais
  • Açafrão aumenta a capacidade anti oxidante do corpo
  • O açafrão reforça o fator neurotrófico derivado do cérebro, ligado à melhoria da função cerebral
  • O açafrão reduz o risco de doenças do coração
  • O açafrão previne (e talvez trate) o cancro
  • A curcumina do açafrão pode prevenir e tratar Alzheimer
  • Os doentes com artrite respondem bem a suplementos de curcumina
  • Estudos demonstram que a curcumina tem benefícios  incríveis contra a depressão
  • A curcumina tem efeito anti aging e combate doenças crônicas relacionadas com o envelhecimento

Continue Lendo

Comentar! Comentários: 1

Receita de risoto de açafrão com espetinho de quiabo e bacon

terça-feira, 10 setembro 2013

A viagem a Tiradentes me trouxe algumas inspirações e deixou grandes saudades.
Aquele frio, aqueles sabores, aquela música, aquelas ruas. Um verdadeiro romantismo no ar. Uma cidade para se ver, sentir e comer, comer bastante. E nas nossas andanças por lá fomos para no Tragaluz – Restaurante e Casa. Não tive a oportunidade de conhecer a Querida Zenilca – querida porque tudo que se via lá tinha o amor e a dedicação dela. E foi lá que eu vi pela primeira vez este espetinho lindo e de sabor surpreendente – quiabo com bacon. Eu tinha que fazer esta iguaria, então o risoto foi um mero coadjuvante… kkkkk… brincadeira a parte, ele casou perfeitamente com o prato final e os sabores mineiros – quiabo, açafrão e queijo da Serra do Salitre. Mais mineiro que isso, só dois disso.

O açafrão é extraído dos estigmas de flores de Croscus sativus, uma planta da família das iridáceas. É utilizado desde a antiguidade como especiaria, principalmente na culinária mediterrânea, no preparo de risotos, aves, caldos, massa e doces. É tida como uma das mais caras ou a mais cara especiaria do mundo, uma vez que, para se obter um quilo de açafrão seco são processadas manualmente cerca de 150.000 flores, e é preciso cultivar uma área de aproximadamente 2000  m². Quando seca, a flor desprende de seus órgãos um pigmento amarelo e um óleo volátil, tradicionalmente usado como corante de tecidos. Este açafrão que usei não é o em pó, aquele tradicional que usamos no frango de molho (boa e velha receita mineira), mas esse cita no texto – açafrão em estigma.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 10

Receita de quiche com açafrão e recheio de carne, azeitonas e ervilhas frescas

segunda-feira, 03 dezembro 2012


Uma pilha de quiches. Foi esse o resultado de uma receita de massa de quiche que peguei lá no blog da minha amiga blogueira Tati do Panelaterapia. Fiquei assutada com a facilidade que é a massa, porque vocês sabem né, fazer massa pra qualquer coisa eu fico com o pé atrás, porque sempre acho que a minha não vai dar certo. Mas bingo, essa aí deu super certo. A massa é tão gostosa que fica um pouco parecida com massa pobre, sabem como é?! O melhor é que você pode fazer o recheio como quiser. Esse aí eu usei um refogado de carne moída, azeitonas pretas e ervilhas frescas. Ficaram ótimos e provavelmente repetirei a receita essa semana, com outro recheio, mas aí mostro pra vocês depois.
Comentar! Comentários: 2

Desafio Rochedo Ingenio com Blogueiros – Risoto Mineiro

sexta-feira, 16 dezembro 2011

Mês passado fui convidada pela Rochedo para participar de um desafio com blogueiros e o produto em questão eram as panelas da Linha Rochedo Ingenio. Olha vou confessar, foi um sábado de gravações intensas em São Paulo, mas foi muito bom, divertido e valeu a pena.

A intenção do desafio era ter uma experência com as panelas da Linha Rochedo Ingenio e o principal apelo dessa nova linha da Rochedo é a praticidade, porque com as panelas você faz tudo: cozinha, prepara, serve, conserva, lava e guarda.

Vou confessar pra vocês que no começo eu estava com muito medo desse cabo aí, mas o negócio é muito prático mesmo e o mais importante – seguro.

Pra mostrar a praticidade das panelas eu fiz um risoto mineiro delicioso, que agradou bem os Paulistas que lá estavam. Dá uma conferida aí e aproveite pra anotar a receita.

Continue Lendo

Comentar! Comentários: 9

Receita de risoto de açafrão com filé de frango ao molho brie com amêndoas

terça-feira, 15 fevereiro 2011


Esse negócio do meu amigo Fávio Zago morar em São Paulo não tá dando certo, porque toda vez que ele vem eu tenho que invertar um prato pra fazer pra ele e pra Lu… rsrsrsrsrs… brincadeirinha. Ter a casa sempre cheia de amigos especiais é muito bom, ainda bem que o Edu já tá se acostumando coma casa cheia. A propósito, quero mandar um beijo para o Pai da Lú, que descobriu o meu blog e a Lu disse que ele acessa todo dia e quando ele contou pra Lú ela disse que já tinha comido um monte de pratos que estavam no blog … rsrsrsrsrs…

Continue Lendo

Comentar! Comentários: 6

Receita de peito de frango com creme de leite fresco e guariroba

sexta-feira, 05 novembro 2010

foto de peito de frango com creme de leite fresco, guariroba e arroz
Se tem uma comidinha que todo mundo gosta é aquela que lembra a casa da mãe. Eu aprendi a comer muito bem, desde pequena e na prática, posso dizer que sou boa de garfo… hehehehe… eu adoro guariroba e final de semana passado, tinha uma conserva de guariroba no armário, então, pra retribuir o almoço que o maridão preparou no sábado, resolvi fazer isso aí no domingo.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 3

Receite de carne assada com manteiga de mostarda e risoto de açafrão

domingo, 30 maio 2010


Semana passada, passeando pelo blog da minha amiga Fabi, do Figos & Funghis, encontrei uma receita que me chamou atenção: carne assada com manteiga de mostarda e um delicioso risoto de açafrão. Como ia preparar um jantar na casa de uns amigos, foi a dobradinha escolhida para a reunião especial. Dei uma mudada, mas basicamente, foi a mesma receita. A mistura da manteiga com a mostarda Dijon deu um toque muito especial na carne. Eu usei uma peça de picanha, mas a Fabi deu a dica de uma maminha, que por sinal é uma bela opção. A picanha, temos que tomar cuidado, pra ela não ficar seca. Depois que a gente tira o papel alumínio, rega a carne com o caldo e volta para o forno, só mais uns 5 minutinhos ou se depender, nem precisa, já pode servir. Esse pedaço aí (da foto) parece estar mais seco, mas não ficou não, estava bem suculento. Depois que tirei a foto, dei mais uma regada com o caldo. O risoto deu uma secada, porque fui montar 8 pratos e só depois que servi todo mundo, que fui tirar a foto… aí não tem risoto que aguente né… rsrsrsrs…

Carne de forno com manteiga de mostarda

Ingredientes
– 2 peças de picanha ou maminha (1kg cada uma)
– 1/2 tablete de manteiga
– 4 colheres de sopa (bem generosas) de mostarda Dijon
– sal grosso à gosto
– azeite de oliva

Preparo
Escolha uma peça com gordura, mas não muita. Misture a manteiga já amolecida em temperatura ambiente e a mostarda, até formar um creme. Lambuze toda a peça de carne com este creme, depois salpique o sal grosso e regue com azeite de oliva extra virgem. Forre uma assadeira com papel alumínio, deixando sobrar um bom pedaço para cobrir a carne. Deite a carne na assadeira, com a parte da gordura voltada para cima e cubra com o papel alumínio. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura alta por cerca de 60 minutos. Retire do forno, regue a carne com o caldo que se formou na assadeira, fatie em pedaços grossos e volte ao forno (agora descoberto). Experimente a carne antes, se for o caso, não precisa voltar ao forno.

Risoto de açafrão (para 8 pessoas)

Ingredientes
– 1/2 pacotinho de arroz arbóreo (arroz para risoto)
– 1 cebola grande cortada bem miudinha
– 2 colheres de manteiga sem sal + 1 colher para finalizar
– 1 taça de vinho branco seco de boa qualidade (como não tinha usei whisky)
– 3 litros de caldo de carne
– 2 colheres de sopa “generosas” de açafrão (pode ser curry também)

Preparo
Etapa 1
Aqueça o caldo. Em uma outra panela “grande” aqueça a manteiga, adicione a cebola e refogue. A partir daí a receita pede a sua atenção total e você não deve se afastar da panela. Aumente o fogo e adicione o arroz, mexa bem e deixe fritar. Mexa ele constantemente de forma a não queimá-lo, ele não deve ficar dourado, apenas incorporar a manteiga. Depois de 2 ou 3 minutos diminua o fogo para médio e adicione o vinho branco e continue mexendo. Ele vai chiar e você deve misturar todos os ingredientes da panela, nesta etapa todo o álcool da bebida vai evaporar.

Etapa 2
Assim que o vinho for absorvido pelo arroz e secar, acrescente a primeira concha de caldo quente. Você agora não deve parar de mexer, não se esqueça de esfregar o fundo da panela deixando o fundo bem limpo para que o arroz não grude. Vá acrescentando mais conchas de caldo, a medida que a água for secando.Vá experimentando o arroz e observando a textura e continue mexendo.

Etapa 3
Continue acrescentando caldo e mexendo. O ponto do arroz, deve ser al dente. É quando você morde no grão e ele ainda está firme. Preste atenção também na quantidade de caldo, porque o risoto não é soltinho como o arroz, ele é papado mesmo, aliás, muito papado. Acrescente duas colheres de açafrão e misture bem. Se houver necessidade de colocar sal, coloque. Desligue o fogo e adicione a última colher de manteiga (que deve estar bem gelada) no centro da panela. Misture delicadamente, sem encostar a colher na manteiga, ou seja, misture na lateral da panela, de forma que manteiga fique no meio e vá se desfazendo aos pontos. Isso ajudará o seu risoto a ficar mais brilhante.
Comentar! Comentários: 9