Receita de caldo chica doida

Publicado por Dani Oliveiraquarta-feira, 27 junho 2012

Desde pequena eu aprendi com o meu pai a comer jiló, quiabo, abobrinha, guariroba, pequi e tudo mais dessa família hortifruti. Por isso uma boa educação alimentar e bons exemplos são fundamentais para o futuro gastronômico de qualquer criança. Bom, quando vi a receita do chica doida – um caldo típico goiano, já me encheu a boca d´água porque vai jiló e guariroba. É claro que são opcionais, porque não é todo mundo que gosta, mas eu, como boa de garfo que sou, também ensinei o marido a comer essas coisas e ontem fiz esse caldo maravilhoso, que é a base de milho verde e também vai linguiça de frango. Algumas variações do caldo vão até creme de leite, mas eu não quis colocar. O sabor adocicado do milho, com o salgado da linguiça e o amargo do jiló e da guariroba, fazem jus ao nome de chica doida… kkkk… vale a pena experimentar, mas tudo bem se você não quiser colocar o jiló e a guariroba.

Ingredientes para receita de caldo chica doida

  • serviu muito bem 2 pessoas
  • 7 espigas de milho batidas no liquidificador e passadas na peneira
  • 1 cebola média
  • alho picadinho
  • 2 colheres de manteiga
  • 1 caldo de galinha
  • 1 xícara de chá de jiló em rodelas finas
  • 1 xícara de chá de guariroba em conserva fatiada
  • 1 xícara de chá de linguiça de frango frita e picada
  • 2 fatias de mussarela
  • pimenta do reino branca a gosto
  • sal a gosto

Preparo

Tire os grãos de milho das espigas com a ajuda de uma faca, bata no liquidificador com um pouco de água filtrada (para facilitar) e passe na peneira. Reserve este caldo. Frite a linguiça, pique em rodelinhas e reserve também. Pique também o jiló e deixe de molho em água filtrada com um pouco de limão, para não escurecer. Numa panela coloque a manteiga, a cebola e o alho picadinho e deixe refogar. Despeje o caldo do milho, adicione o caldo de galinha e a linguiça. Mexa bem, tampe e deixe o milho cozinhar, por +ou- uns 20 minutos a 30 minutos. Depois do cozimento, adicione a guariroba e o jiló levemente refogado antes em azeite e alho. Acerte o sal, coloque uma pitada de pimenta e pronto. Na hora de servir pique em tiras finas as fatias de mussarela e coloque sobre o caldo. Um jiló pequenino e inteiro finalizou o prato antes de ir pra mesa.

Dica: separe uma xícara dos grãos de milho antes de bater, para refogar junto com o caldo.

Acompanhe o Cozinha Travessa no Facebook e no twitter. 

Receitas e artigos relacionados:

14 pessoas comentaram

  1. Sheila quarta-feira 27 junho 2012 às 21:17

    Nossa Dani.. que delícia..
    Eu nunca comi guariroba, mas adoro jiló..
    Essa Chica doida deve ser saborosa..
    Amei a receita.
    Beijos

  2. Mamacrica (Cristina) #1° quinta-feira 28 junho 2012 às 08:12

    Oi Dani!
    Menina, acho que sou de outro mundo… Guariroba só conhecia na música Refazenda de Gilberto Gil! rsrs… Nunca vi a "cara" dela!
    Mas gosto de jiló, quiabo, pequi…. E achei muito interessante a receita, realmente de dar água na boca! Vou ver se aqui em Sampa encontro a dita e faço a receita original!
    Um beijo
    Mamacrica

  3. elianascaramal #2° quinta-feira 28 junho 2012 às 10:54

    Chica doida é demais, a minha versão não vai gueroba, mas como boa goiâna que sou vou fazer sua versão esse final de semana. hehehehe Delícia!!

    Lica

  4. Ana Carolina Lobo #3° quinta-feira 28 junho 2012 às 11:18

    Oi Dani, eu sou de Goiânia e conheço a chica doida de outra forma, fica parecendo uma pamonha. É uma delícia, jilozinho … adorei a dica quero fazer igual a sua receita. Bjosss

  5. Ana Carolina Lobo #4° sexta-feira 29 junho 2012 às 16:09

    Dani, no youtube tem um video ensinando … (chica doida de quirinopolis), eh como se fosse pamonha assada. Mesmo assim, quero experimentar a sua receita. Bjossss

  6. danitravessa #5° segunda-feira 02 julho 2012 às 14:28

    Oi Ana!
    Alguns leitores estão me falando dessa receita mesmo.
    Essa do caldo achamos muito por aqui, nas festas juninas.
    A primeira vez que comi foi na FenaMilho, em Patos de Minas. Uma feira agropecuária muito famosa aqui na região, aí pesquisando, achei que o caldo era típico de Goiás.
    Vou checar essa receita aí do Youtube.
    Beijos =)

  7. Paullyene Paula #6° quinta-feira 27 junho 2013 às 20:56

    Ah como a chica doida e gostosa, faço direto pra comer, ainda mais no friozinho… uma delicia, quem nunca fez faça porque vcs vao gostar!!!!

E você, o que achou? Comente!

  • * Você pode inserir estas tags no comentário: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>