Categoria: Receitas de Acompanhamentos

Receita de cuscuz marroquino com quiabo

quinta-feira, 10 outubro 2013

A receita de hoje não é especificamente para crianças, mas não posso deixar de falar para vocês que o Edu comeu de garfada. O cuscuz marroquino virou um ingrediente indispensável na minha cozinha. Dá pra fazer tantas combinações, é saudável, delicioso e super prático de preparar.

O cuscuz é um prato árabe que teve sua origem no norte da África e consiste num preparado de sêmola e cereais, principalmente o trigo. Aqui no Brasil ele pode ser feito à base de farinha ou polvilho, de milho, arroz ou mandioca. É salgado e levemente umedecido. Tem o seu cozimento através da infusão no vapor e pode ser incrementado com outros ingredientes.

Fazia tempo que queria fazer um cuscuz com quiabo e achei quiabos tão lindos no supermercado que não poderia deixar passar a vez. Como foi um prato único, acrescentei uma proteína e usei um filé mignon suíno defumado que o marido havia comprado – simplesmente delicioso.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 2

Receita de risoto de açafrão com espetinho de quiabo e bacon

terça-feira, 10 setembro 2013

A viagem a Tiradentes me trouxe algumas inspirações e deixou grandes saudades.
Aquele frio, aqueles sabores, aquela música, aquelas ruas. Um verdadeiro romantismo no ar. Uma cidade para se ver, sentir e comer, comer bastante. E nas nossas andanças por lá fomos para no Tragaluz – Restaurante e Casa. Não tive a oportunidade de conhecer a Querida Zenilca – querida porque tudo que se via lá tinha o amor e a dedicação dela. E foi lá que eu vi pela primeira vez este espetinho lindo e de sabor surpreendente – quiabo com bacon. Eu tinha que fazer esta iguaria, então o risoto foi um mero coadjuvante… kkkkk… brincadeira a parte, ele casou perfeitamente com o prato final e os sabores mineiros – quiabo, açafrão e queijo da Serra do Salitre. Mais mineiro que isso, só dois disso.

O açafrão é extraído dos estigmas de flores de Croscus sativus, uma planta da família das iridáceas. É utilizado desde a antiguidade como especiaria, principalmente na culinária mediterrânea, no preparo de risotos, aves, caldos, massa e doces. É tida como uma das mais caras ou a mais cara especiaria do mundo, uma vez que, para se obter um quilo de açafrão seco são processadas manualmente cerca de 150.000 flores, e é preciso cultivar uma área de aproximadamente 2000  m². Quando seca, a flor desprende de seus órgãos um pigmento amarelo e um óleo volátil, tradicionalmente usado como corante de tecidos. Este açafrão que usei não é o em pó, aquele tradicional que usamos no frango de molho (boa e velha receita mineira), mas esse cita no texto – açafrão em estigma.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 10

Receita de feijoada light

quarta-feira, 21 agosto 2013

Feijoada light? Que piada né, de light não tem nada aqui, só se for o cheiro verde… kkk…
Mas falando na Feijoada do Dedé que acontece no próximo sábado dia 24 de agosto na Cachaçaria do Dedé & Empório no Uberlândia Shopping, resolvi deixar vocês com água na boca e postar essa feijoada linda que eu fiz quinta-feira passada. Mas quinta-feira Dani? É, quinta-feira passada foi feriado municipal aqui na cidade – Dia de Nossa Senhora da Abadia e como o tempo estava fresco e gostoso, acordei com boca de feijoada naquele dia. Não vou me ater a quantidade, me perdoem, porque vai depender muito do número de convidados. A minha feijoada ficou lindona e muito saborosa, a melhor que já fiz e a garotada que estava lá em casa se divertiu pracaramba. Foi um excelente dia na companhia de bons e queridos amigos.

Continue Lendo

Comentar! Comentários: 2

Receita de shitake fresco refogado com rabanetes e broto de trevo

segunda-feira, 12 agosto 2013

Depois de um churrasco de Dia dos Pais, que por sinal foi bem legal lá em casa, um refogado de shitakes frescos para começar a semana não é nada mal heim. Coloquei uns rabanetes bem fresquinhos também e incrementei com nhoque grelhado – isso mesmo – nhoque. Sabe aquele pacote de nhoque que a gente acha no supermercado – é esse. Outro dia vendo uma receita da Nigella, ela grelhou esse nhoque e chamou de batatas express, eu achei legal e disse que qualquer dia destes iria fazer. Então tá aí, misturei no meu refogado e adorei. Se você não gostar da ideia pode fazer só com o shitake e o rabanete que fica bom. Para finalizar o prato, folhas crocantes e lindas de broto de trevo.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 0

Receita de torta salgada de liquidificador com queijo canastra

sexta-feira, 09 agosto 2013

Essa semana estava aqui pensando quanto tempo que eu não fazia uma torta salgada. Vez ou outra eu procuro receitas novas para a massa da torta salgada, mas sempre volta na minha velha e boa receita, que tá anotada no meu caderninho surrado que fica lá na cozinha. Aproveitei que tinha essa delícia de queijo canastra e substitui pela mussarela e fiz o recheio bem molhado pra ficar suculento. O resultado foi esse aí oh, de dar água na boca.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 6

Salada quente de cogumelos frescos e brócolis

segunda-feira, 01 julho 2013

Eu simplesmente amo essas saladinhas quentes. Pra mim são tão confortantes como comer uma bela massa com molho vermelho suculento. A variação é sempre o tem na geladeira, mas confesso que esse dia tinha acabado de chegar do sacolão, então rolou uma combinação mais especial. Sempre que faço este tipo de salada sirvo ela com hashi – os palitinhos japoneses, além de ficar mais charmoso acaba ficando mais romântico.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 2

Receita de quibe vegano de abóbora com nozes

quarta-feira, 26 junho 2013

Dia desses navegando por aí nos meus blogs favoritos de culinária, achei essa receita vegana no blog da Matilde e me deu muita vontade de fazer. A alimentação vegana tem como objetivo não consumir produtos de origem animal como: carnes, peixes, lacticínios, ovos, mel e outros ingredientes de origem animal. Está muito longe de se resumir a apenas saladas ou de ser uma alimentação sem sabor como alguns julgam, pelo contrário, existe uma enorme diversidade de alimentos vegetais e deliciosos. Mas tudo na vida é um hábito. Eu por exemplo não comia comida japonesa, mas hoje já aprendi a comer e adoro. Este é quibe muito saudável e saboroso demais, vale apena experimentar.

Continue Lendo

Comentar! Comentários: 4

Receita de almondegas suecas flambadas na vodka e molho agridoce de geleia

segunda-feira, 24 junho 2013

Final de semana passado teve janta da firma lá em casa e eu queria algo especial e suculento, então lembrei de um programa recente que vi do Jamie Oliver – Refeições em 15 minutos. Mas seu Jamie, seria muito da minha parte querer encontrar endro, aipo rabano e arroz basmati aqui na minha cidade… kkkk… então fiz algumas substituições no prato. O arroz basmati substitui por arroz normal, o aipo rabano substitui por cara, mas o tal do endro foi difícil, então coloquei salsinha mesmo. Ah, durante o cozimento das almondegas, tinha uma erva desidratada (que não me lembro o nome) mas de longe que não tem aqui mesmo, então como ele disse que parecia com o sabor o orégano, assim eu fiz, coloquei uma pitada de orégano desidratado. O resultado foi dos melhores e agora mostro aqui pra vocês essa aventura culinária da sexta-feira passada.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 4

Receita de abobrinha recheada

quarta-feira, 05 junho 2013

Já tinha um tempo que eu queria faze essa abobrinha árabe e o feriado da semana passada foi uma ótima desculpa para arriscar a receita. Eu amo comida árabe e a minha próxima travessura vai ser charutos de folha de repolho – adoro! Pesquisando algumas receitas na internet, percebi que a foto do prato estava meio cru pra foto sair legal, mas acho que fui feliz, tanto na beleza do prato, quanto no sabor. A princípio fiquei com medo do recheio todo sair na hora do cozimento, mas não sai nadinha e o molho fica delicioso.
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 2

Receita de cuscuz marroquino com cubos de frango e milho grelhado

segunda-feira, 27 maio 2013

cuscuz marroquino com cubos de frango e milho grelhado

Eu estou gostando bastante de cuscuz ultimamente.
Outro dia fiz esse aqui, que ficou delicioso, mas queria fazer um com cubos de frango, pra ver se ficava bom, então foi o meu próximo cuscuz. Para dar uma incrementada, grelhei espigas de milho na chapa de ferro, para ficarem tostadinhas, depois retirei os grãos e misturei ao cuscuz. O marido aprovou!
Continue Lendo

Comentar! Comentários: 0