Categoria: Receitas de Acompanhamentos

Receitra de Purê de Batata Salsa e Picanha ao Forno do Alceu

quarta-feira, 02 dezembro 2009

Bom Dia Pessoal!
Hoje vou mostrar um prato que ficou delicioso.
Aliás, quero declarar aqui no blog, que tô é dormindo com o inimigo, na minha própria casa. Vocês acreditam que Alceu anda todo metidinho na cozinha?! Éééé… daqui uns dias ele monta até um blog de culinária pra ele e começa a concorrer comigo. Bom, mas deixa ele… rsrsrsrsrsrs… confiram a combinação perfeita que fizemos na última sexta-feira para receber um casal de criativos muto especial.

PICANHA AO FORNO DO ALCEU
Ingredientes (serviu muito bem 4 pessoas)
– 1 peça de picanha de boa qualidade (umas 700 gramas)
– azeite de alho
– alho em flocos
– mostarda em pó
– pimenta em pó (cayenne)
– shoyo
– sal grosso
– mel

Preparo
Num refratário, coloque a peça de picanha e faça furos, espetando a faca na carne. Regue com bastante azeite, salpique sal grosso (não muito), jogue os outros temperos, regue com um pouco de shoyo (não muito) e pra finalizar, um pouco de mel. Embulhe a carne no papel alumínio, unte uma forma, coloque o embrulho com a gordura para cima e leve ao forno pré-aquecido. A carne ficará lá por +ou- 1 hora. Depois, abra o papel alumínio com cuidado, pra você não se queimar com o vapor e deixe mais uns 30 minutos. Vá olhando até ficar no seu gosto, mas não deixe muito, senão a carne fica seca e perde a maciez.

PURÊ DE BATATA SALSA
Ingredientes
(serviu muito bem 4 pessoas)
– 8 batatas salsa (também conhecida como mandioquinha ou batata baroá)
– leite integral
– requeijão
– queijo parmesão ralado
– sal à gosto

Preparo
Descasque as batatas e leve para cozinhar. Quando estiverem bem molinhas, coloque numa travessa e esmague com o garfo, bem esmagado. Numa panela, coloque as batatas esmagadas, um pouco de leite (uns 2 dedos), umas 5 colheres generosas de requeijão cremoso e mexa tudo com uma colher, até você obter um aspecto de purê. Se necessário, coloque mais um pouquinho de leite. Depois, coloque o queijo parmesão ralado e mexa novamente. Prove e se você achar necessário, coloque umas pitadas de sal, porque a batata salsa é bem doce. Pronto, agore fatie a carne, decore o prato e sirva imediatamente.

Não esqueçam de participar da promoção aqui no blog heim?!

Comentar! Comentários: 6

Receita de Batatas ao Forno com Casca

quinta-feira, 29 outubro 2009


Já falei pra vocês que eu adoro batata né?! Então tá, aqui vai mais uma super receita, mas nem é receita, é uma dica bem bacana e fácil, para acompanhar uma carne e te tirar do aperto quando precisar fazer um acompanhamento rápido.

Ingredientes
– batatas limpas e com casca
– sal marinho
– azeite de oliva extra virgem

Preparo
Lave bem as batatas e pique em 4 partes, com casca e tudo. Unte uma assadeira e disponha os pedaços de batata. Salpique sal, mas não coloque muito pouco e regue com azeite. Leve ao forno e observe. Quando ela começar a querer dourar, regue as batatas com o próprio azeite que escorreu no tabuleiro. Vá observando e quando estiverem douradas e  com aspecto suculento, elas estarão prontas.

Ah, já sabe né?! Se ainda não assitiiu o meu vídeo, do Concurso Blogueiros na Cozinha com Tramontina Design Collection, olha e se gostar, aproveita pra me dar o seu voto e participar da promoção aqui no blog.

Comentar! Comentários: 8

Receita de Gratinado de Batatas com Cogumelos Shitake

sábado, 24 outubro 2009

Oi Pessoal!
Eu adoro uma batatinha. Assada, na salada, em purê, de qualquer jeito. Vi esta receita em um dos livros da Nigella, o Nigella Express e resolvi fazer para acompanhar um arroz branquinho e um filé. É uma ótima pedida para vegetarianos também. Vejam como é fácil. Ah, mas antes, se você ainda não assistiu aos vídeos do Concurso Blogueiros na Cozinha com Tramontina Design Collection, veja o post aí de baixo e aproveite para participar da promoção também.

Ingredientes (serve bem 4 pessoas)
– 4 batatas médias com casca em rodelas (quase da largura do seu dedo mindinho)
– 8 cogumelos em fatias finas (usei o shitake fresco)
– 2 colheres de vinho branco seco
– 3 colheres de manteiga
– 2 colheres de azeite de oliva extra virgem
– 350 ml de leite integral
– sal e pimenta do reino a gosto

Preparo
Pré-aqueça o forno. Numa panela, acrescente as batatas , o leite e o vinho. Mexa e deixe cozinhar. Vá mexendo de vez enquando e observando o cozimento das batatas. Tempere com sal e pimenta do reino. Numa frigideira, acrescente a manteiga e o azeite e coloque os cogumelos. Deixe fritar por uns 3 minutos, até ficarem macios. Acrescente esta mistura dos cogumenlos (cogumelo e molho) na panela das batatas. Misture bem, deixe cozinhar mais uns 2 minutinhos e coloque num refratário para gratinar. Leve ao forno posor uns 10 minutos no máximo e sirva em seguida.

Comentar! Comentários: 6

Receita de arroz com pequi

quarta-feira, 10 dezembro 2008

Bom Dia meu povo. Ainda faltam alguns detalhes para o blog ficar redondo, mas já posso postar tranquilamente, pois as fotos voltaram a aparecer. Então, hoje vou postar uma iguaria que eu simplesmente amo e a maioria das pessoas que me conhecem sabem disto – o PEQUI. Toda vez que chega esta época, eu me deleito. Mas não sou eu quem faço não, é a minha mãe, afinal de contas, essas comidinhas de mãe são sempre melhores… rsrsrsrs… será que meus filhos vão falar isso da minha comida?!

E eu, particularmente, gosto dele assim, com arroz branquinho e caldo bem grosso. A fruta é muito apreciada com frango de molho também. Basta refogar com cebola e alho, colocar água, acertar o sal e deixar o caldo engrossar. Mas lembre-se, se você nunca comeu pequi é importante saber comer. Você não pode morder a fruta, pois ela esconde um carroço cheio de espinhos e pode machucar muito a sua boca. Há pessoas que nem comem, por medo dos espinhos.

O Pequi é uma fruta nativa do cerrado brasileiro, muito utilizada na cozinha nordestina, do centro-oeste e norte de Minas Gerais. Dela é extraido um azeite denominado azeite de pequi. Seus frutos são também consumidos cozidos, puros ou juntamente com arroz e frango. Seu caroço é dotado de muitos espinhos, e há necessidade de muito cuidado ao roer o fruto, evitando cravar nele os dentes, o que pode causar sérios ferimentos nas gengivas. O sabor e o aroma dos frutos são muito marcantes e peculiares. Pode ser conservado tanto em essência quanto em conserva. Símbolo da cultura do estado brasileiro de Góias, o pequi, árvore da família das cariocáceas pode também ser encontrada em toda a região Centro-Oeste, (considerada a capital da fruta) e nos estados de Rondônia (ao leste), Minas Gerais (norte e oeste), Pará (sudoeste), Tocantins, Maranhão (extremo sul), Piauí (extremo sul), Bahia (oeste) e Ceará (Sul). Em Góias podem ser encontradas todas as espécies, cuja frutificação ocorre entre os meses de setembro e fevereiro.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Pequi

Comentar! Comentários: 1

Receita de torta de pão-de-forma

quarta-feira, 06 agosto 2008

Nesta última segunda, ao chegar em casa, depois da minha aula de pilates… a dúvida… o que fazer para comer??? Bom, abri a geladeira e bati o olho no meu pão de forma… hehe… não, não foi um baurú que eu fiz… como tinha um recheio de frango pronto, que tinha feito minhas quesadillas semana passada… opa… vai ser isso mesmo: TORTA DE PÃO DE FORMA!
O certo mesmo é você comprar aquele pão de forma sem as beradinhas, mas o meu era o tradicional mesmo, com beiradas. Para não desperdiçar fiz deliciosas tirinhas salgadinhas. É muito simples, você corta as beradinhas do pão de forma para fazer a torta, depois é só temperar com sal, azeite e orégano e levar ao forno, mas cuidado para não torrar, tem que ficar de olho e mexer de vez enquando. Olha aí a foto. Fica uma delícia pra servir como aperitivo.


Bom, então vamos a montagem da torta. Primeiro você prepara o recheio, que pode ser o que você quiser. Carne moída ou frango desfiado, misturado com cenoura ralada, palmito, ricota, milho, ervilha, pode ser com atuam ou sardinha também… enfim, se você tiver um “restóio” (como diz minha grande amiga Alcinete) a festa tá pronta. Eu tinha um recheio pronto de frango, ricota, azeitonas, tomates e alho poró, foi só esquentar e acrescentar mais um pouco de molho, porque o receio desta torta, não pode ser muito seco, tem que ser mais molhadinho. Com os pães cortados e recheio quentinho é só começar a montar.

foto do preparo da torta de pão-de-forma
Você coloca uma camada de pão, espalha o recheio por cima e coloca queijo ralado, da sua preferência. Eu coloquei o queijo prato, ralado mais compridinho. Aí, coloca outra camada de pão + recheio + queijo e por aí vai, até a última camada ser de pão novamente. Depois você pega maionese ou requeijão e passa em volta da torta todinha, pra fazer uma espécie de acabamento. Pra finalizar você salpica batata palha em volta. A batata vai grudar na maionese e vai dar um efeito legal. Se preferir, deixe uns 30 minutos na geladeira pra ela ficar fria. Depois é só servir!

foto de um pedaço de torta de pão-de-forma com uma mini coca-cola em garrafinha de vidro

Comentar! Comentários: 13
« Página anterior  1 2 (...) 9 10 11 12 13